Heinen & Hopman employee
close
Would you like to visit our site in English?
Remember my choice
GoStay on this site
Möchten Sie unsere Website in Deutsch zu besuchen?
Erinnere dich an meine Wahl
GoBleiben Sie auf dieser Seite
당신은 한국어로 우리의 사이트를 방문 하시겠습니까?
선택 기억하기
가기Stay on this site
Doriți să vizitați site-ul nostru în limba română?
Amintiți-vă alegerea mea
MergeStay on this site

sistema de refrigeração do navio

Sistema de refrigeração do navio

Sistemas de refrigeração de navios desempenhma um papel vital a bordo de navios que transportam carga e provisões refrigeradas para a tripulação. A refrigeração evita qualquer dano à carga ou deterioração de alimentos perecíveis, como o aumento de microrganismos, oxidação, fermentação e secagem da carga. A temperatura da carga, por vezes sensível é controlada pela instalação de refrigeração do navio. Como o principal objetivo das embarcações que transportam carga refrigerada é garantir a carga é transportada em boa e saudável condição, é de extrema importância que o sistema de refrigeração funcione perfeitamente a todo o momento.

Como funciona o sistema de refrigeração do navio

Um sistema de refrigeração necessita de remover aquecimento de uma região fechada. Isto é conseguido através do ciclo de refrigeração, que consiste em cinco componentes:

  • O refrigerante;
  • O compressor;
  • O condensador;
  • O evaporador;
  • O dispositivo de expansão.

O refrigerante começa como gás e é comprimido no compressor, que aumenta a sua temperatura drasticamente. Depois disso, o condensador arrefece o refrigerante quente de alta pressão e desta forma o refrigerante torna-se num líquido. A seguir, o evaporador ferve o refrigerante novamente para gasoso, a uma temperatura muito baixa. A mudança de líquido para gasoso absorve o calor do evaporador que por sua vez remove o aquecimento da área a ser refrigerada, diminuindo assim a sua temperatura. Posteriormente, o refrigerante volta para o compressor e o ciclo de refrigeração começa de novo.

A influência da nova regulamentação europeia F-gases no sistema de refrigeração do seu navio

Muitos sistemas de refrigeração usam agora o R22 como um refrigerante. R22 é um dos HFC não destroem o ozono que não podem ser aplicados mais nos novos sistemas a partir de 2004, e, a partir de 2015, as operações de refrigeração como reenchimento com HFC já não são autorizadas. Isto significa que enquanto o sistema funciona, não tem que se preocupar. Em caso de defeitos, as consequências dependem do tipo de refrigerante. Para contornar esse problema, estamos a pesquisar alternativas para o R22. Chegamos à conclusão de que o melhor substituto seria o Propano (R290). O propano tem um comportamento muito semelhante ao termodinâmico e o R22 é um refrigerante natural. Ao usar R290 como refrigerante, o impacto ambiental é reduzido, porque o R290 não tem PDO (Potencial de Destruição do Ozono), um muito baixo PAG (Potencial de Aquecimento Global) e uma suposta eficiência energética igual ao R22. O propano é assim um refrigerante inflamável, e portanto, é necessário um cauteloso manuseamento do refrigerante. A preocupação mais importante de segurança é garantir que em caso de uma fuga o refrigerante não se inflama. Portanto, a solução desenvolvida pela Heinen & Hopman é colocar o sistema de refrigeração no interior de uma caixa, de modo que, quando ocorre uma fuga, a possível atmosfera explosiva está localizada no interior da caixa. Ao usar um ventilador ATEX, a caixa pode ser ventilada de modo a que a mistura de gás e de ar possa ser enviada para o exterior da caixa. 

Esteja à vontade para nos contactar para mais informações sobre sistemas de refrigeração de navios. Os nossos funcionários competentes estão ansiosos por informá-lo.

Contacte-nos

A refrigeração evita qualquer dano à carga ou deterioração de alimentos perecíveis, como o aumento de microrganismos, oxidação, fermentação e secagem da carga.

Bas  Veltman

Bas  Veltman

Bas Veltman

- Sales Manager

Bas  Veltman

Bas Veltman

- Sales Manager

Certificação

Stay updated

Subscribe to our newsletter

Close
Contacto